A Petição já foi entregue, mas ainda podes mostrar/reforçar o teu apoio a esta causa, agora em formato Manifesto.
Tod@s junt@s podemos fazer a diferença! Assina já!

MANIFESTO POR UM JARDIM NO MARTIM MONIZ

Nós, cidadãs e cidadãos, temos como objectivo transformar a Praça Martim Moniz num espaço verde público de referência para a cidade de Lisboa, em alternativa ao projecto de instalação nesse local de um núcleo comercial concessionado a privados com mais de quarenta lojas:

– Por não haver uma zona verde de qualidade em todo o eixo que liga o Rio Tejo à Alameda, onde residem milhares de pessoas e no qual as questões de saúde pública, (falta de) jardins e espaços públicos e de bem-estar social se tornam cada vez mais prementes. A Praça Martim Moniz é o local perfeito, e nós precisamos dela.

– Por não querermos que se adie, uma vez mais, a oportunidade de auscultar a comunidade e criar um espaço que responda aos anseios e às necessidades de quem vive, trabalha ou visita a zona do Martim Moniz.

– Por não querermos que a Câmara Municipal de Lisboa delegue as políticas de cidade a entidades comerciais.

– Porque a população tem de ter voz neste processo e este é o momento. Queremos que se dê a esta praça a dignidade que ela merece. Queremos que terminem os improvisos que se arrastam desde sempre.

O Martim Moniz não pode ficar hipotecado por mais vinte anos, para ser entregue pela Câmara Municipal a um privado, para um projecto comercial que não serve as necessidades da população da zona. Pelo contrário, tal reforçaria a pressão urbanística, turística e sonora, que já está actualmente em níveis insuportáveis. O Martim Moniz deve ser um espaço aberto a toda a gente, não um centro comercial a céu aberto apenas para usufruto de alguns.

Este é o momento. Junta-te a este movimento.

Para apoiar, basta preencher o formulário abaixo. Os campos com asterisco são de preenchimento obrigatório. Podes também deixar um curto testemunho manifestando o teu apoio a esta causa e fazer upload de uma fotografia que te identifique.
Default Avatar
Celina Lopes
Administrativa

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Aida Cristina da Cruz e Silva
Tradutora/Intérprete

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Bruno de Almeida
Cineasta

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Isabel Lobo
Arquitecta

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Filipe Silveira-Pinto
Bancário

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Pedro Januário
Arquitecto

a favor de um Jardim Público no Martim Moniz!

Default Avatar
Armanda Vilar
Designer Gráfica

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Carolina Couto
Trabalhadora-Estudante

Por um planeamento urbano que sirva os cidadãos, as pessoas, os habitantes, e não os fins capitalistas e mercantis do costume, que só servem a privados e não servem realmente ninguém. Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Ricardo Galvão
Engenheiro Mecânico

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Augusto Sousa
Aposentado

Apoio um Jardim no Martim Moniz! Por um melhor futuro.

Default Avatar
Jonatan Israel Benebgui
Estudante

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Ana Luis
Designer

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Adriana Niemeyer
Jornalista

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Elena Valentini
Administração Catolica Lisbon School

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Monique Ferreira
Técnica Superior / Mediadora Sociocultural

Eu quero um Jardim no Martim Moniz para tod@s!

Default Avatar
Angela Calia
Professora

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Mariana Aparício
Psicóloga

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Tomás Barão
Designer de comunicação

O eixo Martim Moniz — Alameda é um universo especial da cidade onde, apesar da precariedade e crise habitacional, muitas pessoas trabalhadoras ainda conseguem encontrar residência permanente. Um espaço de resistência, de ideias libertárias e de diversidade, um ensaio para uma cidade diferente. Não o queremos mais esquartejado e vendido ao grande capital; tem de ser valorizado com espaços e serviços públicos de qualidade. Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Friedrich Lauenstein
European volunteer

I liked martim moniz as a public space before the fence was built, also the only place to skate in the centre

Default Avatar
Marie Kerzerho
Professora

Eu quero um Jardim no Martim Moniz !

Default Avatar
Carolina Carneiro
Estudante de Arquitectura

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Carlos Godinho
Doutorando

A sustentabilidade social e cultural, e por sua vez económica, não acontece quando a política de urbanização coloca critérios de rentabilização económica sobre tudo o resto. É mais do que sabido que todos os habitantes e visitantes de uma cidade precisam de espaços verdes acessíveis onde possam revitalizar-se, relaxar, refletir e sociabilizar num ambiente que cria espaço e tempo e um contacto com a natureza como uma pausa do resto do tecido urbano atribulado. Não faltam modelos de cidades que, apesar de (e precisamente por) perseguirem políticas económicas apostam nos espaços verdes para os seus cidadãos. Perto da zona do Martim Moniz não há nenhum espaço onde os cidadãos possam estar nos sentidos mencionados. É necessário um exercício de imaginação na “pele do outro” e compreender a urgência de fazer do Martim Moniz um espaço verde sem a tensa lógica comercial que existe em todos os outros espaços da cidade. Toda a gente precisa desse contacto com o verde e com o “silêncio”. Só assim se consegue pensar. Pensem nisto.

Default Avatar
Ana Martins
Estudante

Qualquer praça, especialmente o Martim Moniz, que existe há tantos anos, deverá sempre ser de cariz público.
Chega de privatizar espaços e deixar que o dinheiro fale mais alto.

Default Avatar
Ana Gouveia
Estagiária Design Gráfico

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Carolina Ribeiro
Gestora de Marketing

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Tânia Sarmento
Editora

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Frederico Duarte
Estudante

Lisboa já tem betão, egos de arquitecto e negócios duvidosos a mais. Consigamos fazer este jardim, pensado em comunidade e vivido em liberdade.

Default Avatar
Fabrizio Cossutta
Médico

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Marta Rodrigues
Gestora de Projectos

Um jardim para o martim! Para mim e para ti!

Raquel Costa
Gestora

Movimentar a integração comunitária, área democrática e livre de poluição e consumismo. Espaço para convivência e não para conveniência lucrativa.
Mais verde, mais ar, mais liberdade e mais jardim!

Default Avatar
Mariana Rosa
Designer

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Margarida Botelho
Arte Educadora

Uma oportunidade única de desenhar a cidade com os cidadãos! Vamos fazer pressão para que a câmara termine com a concessão que tem e que limita as decisões. Nunca é demais gerar solo permeável numa cidade com crescente pressão imobiliária. Um jardim não é mais que uma pequena contrapartida justa para a população de Lisboa, ainda mais nesta área da cidade tão alterada pela gentrificação.

Default Avatar
Patrícia Calypso Escobar
Cantora/ Actriz

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Sofia AM Martins
Investigadora

Para uma cidade com qualidade de vida, eu quero um jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Eleni de Faria
Estudante

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Susana Santos
Agente de Navegação

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Rafaela Feliciano
Freelancer

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Teresa Carvalheira
Designer

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Maria Celeste Ceboleiro
Médica

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Ana Catarina Farinha
Estudante

Eu quero um jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Laetitia VB
Bioengenharia

Já há tantas lojas a volta da Praça Martim Moniz, basta! Queremos mais espaços verdes para brincar, passear, relaxar, respirar e refrescar! Ouvir aves em vez de música, ver folhas em vez de vitrinas.

Inês Andrade
Presidente da Associação Renovar a Mouraria

O centro da cidade precisa de mais espaços verdes e menos pressão comercial. A Praça Martim Moniz é um espaço público, deve por isso servir para usufruto de todos e para melhorar a qualidade de vida em meio urbano.

Default Avatar
João Domingues
Designer

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
João Berhan
Revisor de Texto

Queremos silêncio, não ruído. Água e passarocos, não música ambiente. Pessoas, não consumidores. Um espaço para todos, não para alguns. Uma praça pública, não um recinto concessionado. O descanso, não o excesso. Árvores das verdadeiras, não pantone 15-0343. Um jardim, pá!

Ocupação/Profissão: Lisboeta

Default Avatar
Ernesto Possolo
Geógrafo/Artes e Património

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Joana Domingues
Designer

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Dídio Pestana
Músico, Sonoplasta, Cineasta

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Fred Rocha
Engenheiro Web

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Luís Castro
Actor, encenador, director artístico da Karnart C.P.O.A.A.

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Vanessa Domingues
Designer Industrial

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Luís Castanheira
Cantor Lírico

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Herculana Velez
Reformada

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Carlos Jorge
Professor

Com tantos problemas de qualidade do ar quero uma cidade com mais…muito mais jardins…muito mais verde nunca é de mais

Default Avatar
Teresa Nóbrega
Funcionária Pública

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Sílvia Leite
Professora

Eu quero um jardim no Martim Moniz

Default Avatar
Suzana Nobre
Designer Gráfica

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
António Gonzalez
Docente

Mais jardins na cidade, menos comércio uniformizado, mais espaços para os moradores.

Default Avatar
Alison Powell
Gestor de Projectos

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Lurdes Andrade
Secretária

O Martim Moniz precisa de um jardim, com árvores, bancos e uma esplanada/quiosque, típico português.
Temos que ser nós lisboetas, novos ou velhos a usufruir das nossas praças. Chega de barracas / contentores, ou o que lhe queiram chamar, que só servem para estrangeiro ver e escondem a nossa calçada. Apoio incondicionalmente um jardim no Martim Moniz.

Default Avatar
Rute Curto
Eng. Civil

Concordo em absoluto que faltam espaços verdes no eixo que vai da Alameda ao Tejo. Aliás Lisboa, ao contrário da maioria das cidades da Europa tem poucos espaços verdes. Na zona da baixa são inexistentes pelo que faz todo o sentido aproveitar a zona do Martim Moniz que tem sido tão desvalorizada ao longo dos anos.

Default Avatar
Maria José Soares
Aposentada

Queremos mesmo um jardim para todos. Chega de comércio nas praças de Lisboa.

A CML devia ter coragem de deitar abaixo o centro comercial da mouraria ficando a igreja e por o trânsito só de um lado para aumentar ainda mais a praça do Martim Moniz. Parece-me que seria um projecto a pensar. Transferia-se mais comércio para o outro centro comercial que me parece mais vazio…

Default Avatar
Maria Elisete Almeida
Professora Universitária

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Isis Gonçalves
Estudante

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Rosa Barreto
Bibliotecária

Eu quero o Martim Moniz. Já chega de não termos uma praça no Martim Moniz. Que venha o jardim, faz-nos falta e faz falta à cidade.

Default Avatar
Paula Henriques
TSST

Está na hora do executivo e municípios TRABALHAREM PARA AS POPULAÇÕES! Foi para isso que foram ELEITOS! Chega de demagogias como as badaladas apresentações de planos municipais contra as alterações climáticas! Queremos acções CONCRETAS! QUEREMOS ESPAÇOS VERDES!

Default Avatar
Teresa de Oliveira Santos
Desempregada

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Rosário Tavares
Designer

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Joana Ruas
Escritora

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Sara Silva
Formadora

O Martim Moniz tem a reputação de ser uma praça feia mas é a ou das mais usadas na cidade. Um espaço de interação de culturas, onde se dança forró, se joga cricket, se fazem piqueniques improvisados de mais de 20 nacionalidades, se reza a Meca, se vê filmes ao ar livre, se faz ginástica chinesa pela manhã… o que é preciso é melhorar o espaço para que este convívio continue de forma saudável, lojas há muitas, espaços verdes poucos! A cidade é de quem lá vive e se não tiver charme não haverá turistas. Um espaço verde de convívio é o que mais benéfico se pode fazer neste espaço para os locais e os visitantes!

Default Avatar
Luisa Lente
Designer

Faz falta um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Catarina SottoMayor
Arquitecta

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Jade Freire
Estudante

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Joyce Cardoso
Empresária

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Eduarda Sofia Teixeira
Designer

Quero um jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Maria Fernandes
Tradutora

Não há uma única zona verde, e de descanso, em toda a Baixa. O ar torna-se irrespirável. É necessário respeitar a envolvente histórica. Contentores jamais.

Default Avatar
Madalena Lima
Investigadora

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Debora Trindade
F. Público

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Ana Mourato
Encenadora/Actriz

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Teófilo José Soares de Braga
Professor

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Graça Lima
Bióloga

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Nuno Saraiva
Ilustrador

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Margarida Reis e Silva
Investigadora em História Urbana

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Isabel Quinteiro
Jurista

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Maria Teresa Barroso de Araújo Costa
Professora Ens. Sec.

Já há comércio em excesso no Martim Moniz. Vivo na zona e o que eu quero é um local sossegado, aprazível, com jardim, árvores, bancos, água, onde se possa fazer uma pausa antes de encetar a subida da colina da Senhora do Monte, já que não há nenhum transporte nessas calçadas íngremes. Jardim!Jardim!Jardim!

Default Avatar
Luís Brântuas
Contabilista

Quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Sofia Neuparth
Investigadora Artística e Directora do C.E.M-Centro em Movimento

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Jorge Pinto
Aposentado

Faz Falta um jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Rui Alexandre Rosa Marques da Cruz e Oppermann
Artista Plástico

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Graça Maria Patrício Pereira
Psicóloga Clínica

Trabalho na baixa de Lisboa. Comércio e serviços já temos os suficientes. Precisamos de um jardim, um ponto de encontro, um local para descontrair numa pausa e mais do que tudo um sitio onde as famílias possam levar as crianças.
O planeamento urbano estará esquecido dos espaços verdes?
Quem lucra com os atentados à nossa cidade?

Default Avatar
Ana Cunha
Jurista

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Olivia Bina
Investigadora

Apoio um jardim no Martim Moniz

Default Avatar
Maria da Conceição Querido
Administrativa

O Largo do Martim Moniz, deve ser de todos e para todos, deve ser jardim, com bancos, as esplanadas ali existentes, para a população de Lisboa e visitantes usufruírem. Todo o espaço público tem a designação certa, é para continuar para todos!

Default Avatar
Ricardo Teixeira
Sociólogo

Mais espaços verdes é uma urgência de saúde pública .

Default Avatar
Maria Manuela Soares Correia
Médica

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Maria Manuela Quino Asper
Desempregada - Ajudante de Bibliotecária

Para uma cidade mais bela, um espaço verde, ocupado agora com actividades mercantis, que degradam uma das praças do mais antigo centro de Lisboa. Um projecto viável e um outro pulmão no centro da cidade, com o Tejo tão próximo.

Default Avatar
Sofia Montenegro
Professora

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Luísa Sequeira Rego
Jornalista

Faltam árvores, flores e jardins em Lisboa. A cidade quer ser, vai ser capital Verde mas é sobretudo cinzenta, do cinzento do asfalto dos carros e bicicletas e trotinetes etc. E o verde que purifica, limpa, oxigena, tranquiliza??? Onde está? Onde está a sombra necessária? Lisboa e a Baixa precisam de um jardim no Martim Moniz até para que o rótulo de’ capital verde’ nao seja uma intrujice pacóvia…
Quero um jardim no Martim Moniz!…para todos: residentes, migrantes, turistas,… para toda a gente.

Default Avatar
Teresa Cadete
Professora e Escritora

A cidade precisa urgentemente de espaços verdes para compensar as superfícies de alcatrão e cimento na zona. Espaços de lazer, convívio e alternativa ao consumo desnecessário.

Default Avatar
Miguel Sampaio
Empresário no Ramo Imobiliário

Temos o dever de expressar, enquanto cidadãos, a nossa opinião e o direito de ser ouvidos.
A Democracia é dinâmica e só através da participação e debate/confronto de ideias, podemos evoluir.
“Portugal é uma República soberana, baseada na dignidade da pessoa humana e na vontade popular e empenhada na construção de uma sociedade livre, justa e solidária.”

Default Avatar
Ana Teresa Ribeiro
Bióloga

Cada vez mais as cidades precisam de jardins, sítios de convívio, contemplação e de sinergias harmoniosas com a Natureza. Esta zona da cidade necessita urgentemente de espaços como esses para as pessoas poderem parar, respirar e passear. Cada vez mais, estudos científicos mostram que o contacto com a Natureza, nomeadamente jardins e parques dentro das cidades têm um impacto decisivo na saúde (bem estar físico e mental) dos indivíduos. Não se pode perder esta oportunidade para Lisboa e principalmente para zonas como esta carente de espaços como o que aqui é proposto e apoiado por vários especialistas.

Default Avatar
Pedro Santos
Artista Plástico

Apoio uma Lisboa com mais espaços verde e com pessoas mais felizes.

Default Avatar
Manuel Lacerda
Arquiteto

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Ana Paula Lopes da Costa
Professora e Escritora

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Ester Martins
Psicóloga

Por uma Lisboa mais verde, bonita e saudável.

Default Avatar
Ana Mascarenhas
Professora

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Ana Maria Aço Monteiro Pintão
Professora

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Anabela Matins
Professora de Secundário

Eu quero um jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Margarida Macedo
Psicóloga

São necessários espaços verdes nesta zona da cidade.

Gracinda Candeias
Artista Plástica

Apoiar um jardim no Martim Moniz devia ser a preocupação de todos!
A cidade carece de espaços verdes porque são um pulmão necessário para a saúde de todos!
Um espaço como este já teve a intervenção de uma autarquia e do Metro há cerca de vinte anos para deixar de ser um espaço abandonado e triste e ao aumentar a linha do metro fui convidada a decorar esta, com painéis de azulejos. Ao fazer, a minha preocupação foi dar luz a um espaço tão escuro e contar a história do lugar mais antigo de Lisboa, com cruzamento de múltiplas etnias que vão crescendo até hoje. Parecia que este espaço iria ter essa preocupação – o de continuar a ser renovado com critérios de boa reabilitação!
A cidade cresceu e os interesses económicos sobrepõem um bem comum – um JARDIM! É sem dúvida melhor opção !
Lisboa Junho de 2019
Gracinda Candeias
gracinda.candeias@gmail.com

Default Avatar
Aurélie Rosado
Jurista

Quero um jardim no Martim Moniz!
Quero sim, poder respirar de toda a poluição urbana, encontrar uma bolha de ar fresco neste frenesim, um ponto de paragem e sossego no centro da cidade, um espaço de bem-estar e socialização.
Este espaço verde contribui para a nossa qualidade de vida, física, psicológica e social. Obrigada pelos esforços desenvolvidos em defendê-lo!

Default Avatar
Sandra Possolo
Doméstica

Eu quero um jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Emília Paula Peixoto Amaral Cardoso
Tec. Biblioteca e Documentação

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Ana Deus
Psicóloga

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Ana Paula Silvestre
Psicóloga

Bares e zonas de consumo é o que não falta por essa cidade fora e pela baixa, já jardins são quase inexistentes. Quero um jardim no Martim Moniz, um jardim que possa ser um verdadeiro espaço público, onde se possam encontrar quem nos visita e quem habita na cidade e nos bairros circundantes, um jardim que permita diminuir a contaminação do centro da cidade, que ajude a conter os veios freáticos que passam por debaixo do chão dessa zona, um jardim que possa ser vivido independentemente de uma lógica de consumo.

Default Avatar
Luísa Serôdio
Empresária

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
José Baptista
Aposentado

Verde é a esperança do mundo. Cidades se. Jardins são dias de praia sem sol. Sim, sim e sim, ao Jardim do Martin Moniz, um espaço verde para benefício de todos.

Default Avatar
Joao Crujo
Marketing

Eu quero mais jardins em Lisboa e mais ações que promovam a redução da poluição sonora e o usufruto da cidade pelas pessoas.

Default Avatar
Banda Ramalho
Assistente Social

A cidade é de tod@s. Não só de comércio e turismo vive o centro de uma cidade. A praça já tem dois centros comerciais. Jardins na baixa não existem e são precisos.

Default Avatar
Susana Coroado
Trabalhadora Independente

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Rosa Arma
Arquiteto

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Karina Carvalho
Socióloga

Manifesto o meu total apoio ao Jardim Martim Moniz. Em defesa do direito à Cidade, sem a qual não há Cidadania.

Default Avatar
Margarida Mestre
Artista

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Marcos Ferreira
Sonoplasta

O Jardim do Martim Moniz, proposto como espaço verde, para além de ser unificador entre residentes e cidade, ser um espaço de melhoria de qualidade de vida, de conexão com a natureza e um elemento importantíssimo na luta anti-stress, também seria um indicador importante da mudança de mentalidade imperativa nos nossos tempos. Teremos forçosamente de caminhar para uma vida mais verde, mais em simbiose e menos em competição. Queremos deixar um mundo respirável e de futuro às gerações seguintes. Temos um dever de mudar o paradigma. Não nos podemos limitar a jardins, mas teremos de começar a pôr estas iniciativas à frente do interesse privado. A câmara precisa de ter um política verde muito mais activa.

Default Avatar
Almudena Ferro
Trabalhadora social

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Ariana Simplício
Consultora em Engenharia de Tráfego

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Gabriel Lente
Estudante

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!!

Default Avatar
Maria Rosário Conceição Lopes
Jardineira

Passei toda a minha juventude em Lisboa e o Jardim do Martim Moniz quando o era sempre foi um sítio onde gostava de parar me sentar e ouscultar a cidade que me rodeava. O castelo a Graça as pessoas as árvores e arbustos e sempre senti que ali faltava mais verde mais Natureza.

Default Avatar
Ana Fraga
Técnica Superior Segurança no Trabalho

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Samuel Damião Babaroca
Designer de equipamento

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Chiara Picotto
Musica/Artista

Queremos a dignificação do espaço publico, que seja para toda a população. Um espaço verde, um jardim que faz tanta falta nesta cidade! Um espaço onde poder passear, descansar a saborear a natureza!

Default Avatar
Joana Casado
Comunicação

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Irina Gomes
Investigadora

Por uma Praça de Tod@s e para Tod@s

Default Avatar
Alexandre Cotovio
Restauração/Director Associativo

Por viver e vivenciar este bairro que já chamo de meu, que sinto o dever de ter uma opinião e o direito de a dar. Em defesa de mais do que um sítio, das suas gentes. De todos os meus vizinhos, de todas as idades.

A cidade é feita das pessoas que (n)ela vivem, dos bairros e das suas comunidades e deverá ser para elas, quem mantém vivos a alma e o coração desta mesma cidade, que se cuide e se pensem os espaços públicos.

É por tudo isto que gostaria de ver a Praça Martim Moniz como um espaço verde para todos nós, incluindo visitantes, e não um espaço cinzento de ferro ou cimento para usufruto e benefício de apenas alguns.

Default Avatar
Ana Seoane
Tradutora

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Emerson Nunes Eller
designer gráfico

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Renata Rosado Alves
estudante

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Miguel Correia Pinto
Economista

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Default Avatar
Maria Graça Silva
Doméstica

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Catarina Lente
Designer

Eu quero um Jardim no Martim Moniz!

Contactar